O Forum Internacional de Resíduos Sólidos desde a sua primeira edição é uma referência no Brasil no uso sustentável dos recursos naturais. As ações de sustentabilidade são uma prática inerente ao planejamento deste evento, que é realizado 100% com material reciclado e/ou reutilizável, desde a sua montagem até o material gráfico que é utilizado para divulgação e no próprio local do evento, conforme descrito abaixo.

 

MATERIAIS EM TECIDO PET PÓS-CONSUMO, DESENVOLVIDOS A PARTIR DE GARRAFAS PET RECICLADAS:

 

MALHA PET – 160g/m2 - cada m2 recicla 04 garrafas PET

ECO SUMMER PET – 150g/m2 - cada m2 recicla 04 garrafas PET

ECO PET SUPER – 160g/m2 - cada m2 recicla 04 garrafas PET

LONA PET – 220g/m2 - cada m2 recicla 06 garrafas PET

 

A partir do layout e dos usos previstos para cada peça de comunicação visual do evento que se utilizam deste substrato, é usado o tecido mais adequado.

 

A opção por este substrato se deu pelo conceito de reciclagem envolvido, apoiado no tripé da sustentabilidade, gerando retorno econômico, tanto na compra dos insumos para sua produção quanto na geração de renda a partir de sua nova comercialização, retorno social através do envolvimento das comunidades na triagem dos resíduos (sem exploração humana) e no seureprocessamento, e no baixo impacto ambiental, com a retirada e o reprocessamento de resíduos de descarte pós-uso do meio ambiente.

 

IMPRESSÃO COM PROCESSOS ECO-ORIENTADOS:

 

IMPRESSÃO COM TINTAS DE CURA UV: utiliza fonte de emissão de radiação ultravioleta para acelerar a cura dos pigmentos dispersos sobre o substrato a partir de impressoras específicas. Neste processo, a ausência de VOC's (Volatile Organic Compounds /compostos orgânicos voláteis) durante o processo de cura pós-execução qualifica o entorno imediato ambientalmente.

 

IMPRESSÃO POR SUBLIMAÇÃO COM TINTAS DE BASE D'AGUA: esta é uma segunda opção de sistema de impressão, onde os padrões a serem reproduzidos são depositado sobre uma lâmina de papel, com tintas de base aquosa, sendo posteriormente, num contato direto e com o emprego de fonte de calor, transferidos deste para o substrato do tecido, utilizando o fenômeno físico da sublimação (passagem de uma substancia do estado sólido para vapor sem adquirir o estado líquido). A cura se dá imediatamente, após o esfriamento do tecido. Este processo também não gera emissão de VOC’s depois de produzido, evitando a contaminação ambiental.

 

IMPRESSÃO COM TINTAS DE BASE LÁTEX: esta terceira opção se utiliza de tintas com base látex, de baixíssimos níveis de VOCs, produzindo impressões que saem curadas imediatamente a sua saída da impressora, por fontes calor embutidas no próprio equipamento, sem cheiro, com cores vibrantes e permitindo a trabalhabilidade do material impresso logo em seguida que são disponibilizados.

 

MATERIAIS EM QUE SÃO UTILIZADOS ESTES PROCESSOS:

  • banners autoportantes;
  • fundo de palco;
  • ambientações.

 

Além dos critérios descritos acima, listamos outras iniciativas ambiental e socialmente orientadas:

  • o uso de descartáveis não é permitido no serviço de café e água;
  • o material gráfico é impresso em papel reciclado e a empresa gráfica deve ter sistema de gestão ambiental implantado;
  • as sacolas são confeccionadas por costureiras de comunidade carente apoiadas pelo Banco do Vestuário da Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais, a partir do passivo ambiental de banners dos próprios patrocinadores e/ou parceiros;
  • são distribuídas canecas duráveis ou copos retráteis para consumo de água, que é disponibilizada através de galões retornáveis;
  • é feita a compensação do carbono emitido em função da realização dos eventos.